Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Artigos

Inscrições para o ENEM começam dia 8 de maio

Publicado: Quarta, 12 de Abril de 2017, 09h52 | Última atualização em Quarta, 12 de Abril de 2017, 10h12 | Acessos: 146

 O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o Edital para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições começam às 10 horas do dia 8 de maio de 2017 e vão até às 23h59 do dia 19 do mesmo mês. A taxa de inscrição custa R$ 82,00 e o pagamento deve ser efetuado até 25 de maio.

Estudante da rede pública (no terceiro ano do Ensino Médio), pessoas cadastradas no CadÚnico e candidato que se encaixa na Lei 12.799/2013 têm isenção da taxa. Os candidatos isentos que não comparecem à prova perdem direito ao benefício no ano seguinte se a ausência não for justificada.

Em 2017, o Enem perde a função de certificado de conclusão do Ensino Médio. Aqueles que não terminaram o Ensino Médio na idade regular terão que fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

O Encceja, que já é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) todos os anos como meio de certificação de conclusão do Ensino Fundamental, será ampliado para servir também como certificação do Ensino Médio a partir do segundo semestre deste ano.

Provas - As primeiras provas do Enem serão dia 5 de novembro, com duração de cinco horas e meia – para linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. No dia 12 – domingo seguinte –, o aluno terá quatro horas e meia para responder às questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. Um edital específico será publicado para pessoas privadas de liberdade, que prestarão o Enem em 12 e 13 de dezembro.

O candidato receberá os cadernos de questões personalizados, com o nome e o número de inscrição já impressos. Os cartões de respostas virão já encartados na prova e com a identificação do candidato. De acordo com o Inep, as provas continuarão a ser aplicadas em quatro cadernos diferentes e identificados por cores.

Para mais informações, acesse o edital aqui.

registrado em:
Fim do conteúdo da página