Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Aluno do IFPA Campus Belém é premiado em competição nacional

  • Publicado: Quinta, 30 de Julho de 2020, 17h57
  • Última atualização em Sexta, 31 de Julho de 2020, 11h17
  • Acessos: 337

Tecnologia, criatividade e inovação foram os ingredientes necessários para que, depois de 56 horas ininterruptas de trabalho, um grupo de quatro jovens conquistasse o primeiro lugar no Hackaton TecBan. Entre os vencedores, Tiago Danin, aluno do 3o semestre do curso de graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS), do IFPA Campus Belém. Ao lado dos também paraenses Lucas Cardoso e Tayana Mamoré – ambos da UFPA - e do paulista Guilherme Vieira, apresentaram o projeto Bicos, vencedor da competição.

Ao todo, 39 equipes, de todo o Brasil participaram do evento, realizado totalmente online. A hackathon (“hack” – programar com excelência + “marathon” – maratona) movimentou profissionais da área de tecnologia, no desenvolvimento de soluções que possam impactar uma organização/empresa tanto interna quanto externamente. Ao final da maratona, um júri escolheu o melhor projeto, que foi divulgado nesta quarta-feira (29/7).

A competição é uma iniciativa da TecBan, em parceria com a Shawee, para disseminar e educar as pessoas quanto as possibilidades que conectam o mundo físico ao mundo digital. Nesta edição, a companhia buscou soluções que unissem criatividade aos dados e transações disponíveis no Open Banking.

E foi isso que o projeto Bicos apresentou: aplicativo de conexão e contratação de prestação de serviços, no qual é possível contratar um bico e efetuar o pagamento diretamente pelo saldo bancário. Além disso, o prestador de serviço tem acesso a diversas funções como: histórico de transações bancárias, recebimento do pagamento dos bicos direto em sua conta, microcrédito e saque fácil em bancos 24 horas. Clique AQUI.

Durante 56 horas de ideação, programação e networking, os participantes colocaram as habilidades em prática, testaram conhecimentos, conheceram novos parceiros e transformaram ideias em soluções. O resultado não poderia ser melhor: reconhecimento público, portas abertas para novos projetos e, como prêmio, um iPhone 11 para cada integrante do grupo vencedor.

Mesmo afastado das salas de aula, por conta da pandemia, Tiago Danin não para. “Atualmente estou focado em estudar framework mobile para desenvolvimento de aplicativos. Sou estagiário na VoxData, e continuo programando e praticando, em esquema de home office”. O convite para participar da competição partiu de amigos: “Atualmente tenho um problema em trabalhar em equipe e a experiência do hackathon me ajudou a superar esse desafio. Já estou de olho em outras competições”, afirmou o aluno premiado.

Para isso, ele conta com o apoio dos professores do IFPA. “Com o curso, melhorei meus conhecimentos. Alguns itens importantes para a construção do aplicativo Bicos, por exemplo, aprendi na disciplina ‘Redes de Computadores’. Acredito que matérias futuras, como ‘Sistemas Distribuídos’, ‘Sistemas Inteligentes’, ‘Programação para dispositivos móveis’, entre outras, deverão me ajudar bastante no aprimoramento do Bicos e de outros projeto mobiles que virão”.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->