Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Informe Saúde > Informe Saúde: Janeiro Branco
Início do conteúdo da página
Informe Saúde

Informe Saúde: Janeiro Branco

  • Publicado: Sexta, 08 de Janeiro de 2021, 09h49
  • Última atualização em Sexta, 08 de Janeiro de 2021, 09h52
  • Acessos: 134

 

O Janeiro Branco é uma  campanha que objetiva chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas..

Tradicionalmente, no primeiro mês do ano as pessoas estão mais propensas a pensarem em suas vidas, em suas relações sociais, em suas condições de existência, em suas emoções e em seus sentidos existenciais. E, como em uma “folha ou em uma tela em branco”, todas as pessoas podem ser inspiradas a escreverem ou a reescreverem as suas próprias histórias de vida. 

A saúde mental é “um estado de bem-estar em que o indivíduo percebe suas próprias habilidades, consegue enfrentar as situações estressantes que são comuns nas rotinas diárias e é capaz de ter uma vida ocupacional produtiva”. Assim, nosso equilíbrio mental pode ser afetado independentemente de doenças, por situações cotidianas que todos vivenciamos, como pressões internas e externas, conflitos de relacionamento, perdas ou desemprego, tendo reflexo inclusive na nossa saúde física e social (CVV, 2017).

Em uma época em que as taxas de suicídio, depressão e ansiedade têm crescido de forma exponencial em todo o mundo – segundo dados dos Ministérios da Saúde de todos os países do planeta e da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Campanha Janeiro Branco justifica-se como uma importante ação preventiva em relação a essas graves questões e, fundamentalmente, como uma necessária campanha voltada à promoção de mais Saúde Mental e Bem Estar nas vidas das pessoas e à democratização, na sociedade, dos conhecimentos relacionados a esse objetivo.

Outro fator relevante, nos tempos atuais, é a vivencia da pandemia que estamos vivendo. Uma vez que, todo esse contexto tem gerado um desgaste emocional e mental que não deve ser desconsiderado.

Não existe uma fórmula especifica para manter a saúde mental em dia, pois, como sabemos, a saúde é um processo biopsicossocial vivenciado por cada pessoa de forma singular e que está em constante andamento. Todos nós passamos por altos e baixos, na medida em que vivemos e nos relacionamos com o nosso entorno.

Por outro lado, é possível nos fortalecermos diante dos fatores que podem ameaçar o equilíbrio da nossa saúde mental. Sendo assim, destacamos algumas medidas interessantespara atentarmos, as quais contribuem para a manutenção da saúde mental, tais como:

  1. Procure viver em ambientes saudáveis, nos quais você se sinta bem.
  2. Não deixe de cuidar da sua alimentação.
  3. Pratique alguma atividade física.
  4. Piorize a qualidade do seu sono. Dormir mal com freqüência mexe muito com a nossa saúde.
  5. Procure um tempo para meditar e relaxar ao longo da semana.
  6. Evite o consumo de drogas e evite excessos.
  7. Cuide da sua saúde física.
  8. Cultive uma postura solidária em relação às pessoas próximas.
  9. Equilibre trabalho e lazer.
  10. Certifique-se de reservar um tempinho na sua agenda para atividades prazerosas.
  11. Tenha hobbies, diversifique os seus prazeres.
  12. Dedique-se à sua vida social.
  13. Busque aceitar as suas fragilidades, todo mundo tem as suas.
  14. Tome distância dos seus problemas de vez em quando, ao tentar resolvê-los.
  15. De vez em quando, desligue-se e reduza o ritmo.
  16. Procure ajuda quando tiver dificuldade ao enfrentar algum problema, ninguém é de ferro.

 

Fonte:

Janeiro branco!:https://janeirobranco.com.br/

Janeiro Branco. Disponível em: https://www.cvv.org.br/blog/janeiro-branco-quem-cuida-da-mente-cuida-da-vida/.

Fim do conteúdo da página
-->